top of page
  • Foto do escritorTNews

Abril marrom: campanha alerta para doenças que provocam perda de visão

Atualizado: 11 de abr. de 2023

Abril é o Mês Nacional de Prevenção da Cegueira e entidades médicas de todo o país participam da campanha de conscientização sobre as causas da perda de visão, com foco na prevenção. Batizada de Abril Marrom, cor da íris da maioria das pessoas, a campanha reforça que cerca de 50 milhões de brasileiros sofrem algum tipo de distúrbio visual, segundo dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO).

A estimativa é que destes, por algum motivo, mais de um 1,2 milhão perderão a visão. De acordo com o Dr. Marcelo Vilar, oftalmologista do Hospital de Olhos do Paraná, a proteção dos olhos começa com hábitos de vida saudáveis. Ele também destaca a importância de ir ao oftalmologista regularmente e toda vez que houver algum desconforto e dor ocular. O médico reforça que o glaucoma é considerado o principal vilão entre as doenças oculares, sendo a principal causa de perda irreversível da visão. E isto se deve ao fato de ser uma doença silenciosa. Quando surgem os primeiros sinais, o risco de o paciente ter importante perda da visão é iminente e definitivo. Estatísticas do CBO apontam para um total de um milhão de vítimas da doença no país. Ainda de acordo com o CBO, estima-se que 70% dos portadores não estejam em tratamento. Negros, asiáticos, pessoas com mais de 40 anos estão entre os grupos de risco. Outra doença com potencial de perda da visão que, se diagnosticada precocemente, pode ser curada, é a catarata. A doença se caracteriza pela perda de transparência do cristalino (a lente natural do olho). Por fim, outra orientação é o controle glicêmico, já que o olho é um dos principais órgãos afetados pelo diabetes. A retinopatia diabética é uma doença que pode provocar cegueira irreversível se não for tratada precocemente.


Imagem:

WIX Imagens


Fonte:

Assessoria de Imprensa do Hospital de Olhos do Paraná



24 visualizações0 comentário
bottom of page