top of page
  • Foto do escritorTNews

Com objetivo de ajudar setor rural, serviço Alerta Geada é ativado no PR

Foi ativado nessa semana o serviço Alerta Geada, mantido pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná) em conjunto com o Simepar. Até o término do inverno, a previsão de geada é lançada com até três dias de antecedência e confirmada por boletins até 24 antes da ocorrência.

O objetivo do Alerta é auxiliar os produtores rurais na prevenção e redução de perdas agrícolas. Além da agricultura, são beneficiados outros setores da economia como turismo, comércio de vestuário e construção civil. Segundo o meteorologista Reinaldo Kneib, do Simepar, o risco de geada se configura com a aproximação de uma massa de ar frio e seco em contexto de céu claro ou com poucas nuvens noturnas e vento calmo. As geadas são mais frequentes em junho e julho, quando intensas ondas de ar frio avançam sobre as regiões Sudoeste, Sul e Central, além dos Campos Gerais e na Região Metropolitana de Curitiba. A geada negra, por sua vez, se caracteriza pelo vento forte, queimando as folhas das plantas. O Simepar informou que não espera um inverno rigoroso em 2023. O fenômeno climático El Niño deve entrar em ação no segundo semestre, aumentando o calor e restringindo as ondas de ar frio, razão pela qual as geadas devem ser menos frequentes, segundo Kneib. El Niño refere-se ao extenso aquecimento do Oceano Pacífico Equatorial, que ocasiona uma grande mudança nos padrões climáticos da temperatura do ar e da chuva. O alerta pode ser acessado por meio dos seguintes canais: aplicativo IDR Clima – disponível gratuitamente no Google Play e na App Store –, páginas do IDR-Paraná www.idrparana.pr.gov.br e Simepar www.simepar.br e, ainda, pelo telefone (43) 3391-4500.


Imagem:

Valdelino Pontes / SECID


Fonte:



5 visualizações0 comentário
bottom of page