• TNews

Estudo mostra que 10% das crianças e adolescentes com entre 5 e 17 anos fazem xixi na cama

Um estudo brasileiro mostra que 10% das crianças e adolescentes com idades entre 5 e 17 anos faz xixi na cama. A enurese, como é chamado o escape de urina durante o sono, é um dos problemas urinários mais comuns na infância.

Publicado pelos urologistas Ubirajara Barroso Jr., chefe da disciplina de Urologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e José Murillo Netto, coordenador do Departamento de Urologia do Adolescente da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), o estudo mostra que o problema ocorre três vezes mais em meninos do que em meninas. Aproveitando o Dia Mundial da Enurese Noturna, que é amanhã (31), os médicos divulgaram um alerta aos pais e cuidadores que urinar na cama não é culpa da criança, mas sim uma condição médica que requer tratamento. De acordo com os pesquisadores, aos 5 anos, entre 15% e 20% das crianças urinam na cama; aos 7 anos, 10%; aos 10 anos, 5%; e, aos 15 anos de idade, por volta de 1% a 3% ainda não controlam a bexiga durante a noite. Os especialistas dizem que o problema da enurese noturna traz transtornos para a família e para a criança, que tende a se isolar, ter autoestima baixa e até sofrer punições. Estudo realizado em Minas Gerais aponta que cerca de 60% das crianças que fazem xixi na cama ficam de castigo e 40% chegam a apanhar. Barroso Jr. adverte sobre a importância de pais e cuidadores entenderem que a criança não faz xixi na cama por preguiça, pirraça ou descuido, mas sim por um problema que pode estar relacionado a fatores hereditários. Se os dois pais tiveram o problema quando criança, a chance de o filho também ser é de quase 80%, dizem os pesquisadores. Para diminuir o problema, as recomendações são evitar cafeína, não tomar líquidos depois do jantar e dar um intervalo de duas horas entre o jantar e a hora de dormir. O tratamento da enurese é feito com medicação em alguns casos e neuroestimulação elétrica transcutânea. A principal medicação é a desmopressina, que age sobre a vasopressina, hormônio antidiurético mais produzido à noite. Ele diminui a diurese (quantidade de urina produzida em um determinado momento), o que leva o ser humano a urinar menos à noite do que de dia. Segundo o professor de urologia, quem faz xixi na cama tem um déficit da produção desse hormônio.


Imagem:

WIX Imagens


Fonte:

https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2022-05/estudo-mostra-que-10-de-quem-tem-entre-5-e-17-anos-faz-xixi-na-cama


#tnews #tnewsnoar #radiot #radiotparana #noticiasparana #marceloalmeida #robertacanetti #marlethsilva

5 visualizações0 comentário