top of page
  • Foto do escritorTNews

Grupo Potencial investe R$ 1,7 bilhão para ampliar produção de biodiesel no Paraná

O Grupo Potencial está construindo uma esmagadora de soja no município da Lapa em um investimento de R$ 1,7 bilhão para ampliar a produção de biodiesel. Segundo o planejamento da empresa, devem ser gerados 250 postos de trabalho diretos. O Grupo Potencial tem sede no Paraná e atua no setor de combustíveis, energia e transportes e é um dos principais produtores de biodiesel do País.

Agora, vai expandir sua atuação para a industrialização de soja. A previsão é que a nova planta seja concluída em 18 meses a partir do início da construção, podendo levar até 24 meses se for considerado o prazo de negociações comerciais. O vice-presidente Geraldo Alckmin, que é também ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, esteve no lançamento da pedra fundamental da esmagadora na última sexta-feira (30) e destacou que, neste ano, o Pais elevou para 12% a mistura obrigatória de biodiesel ao diesel vendido no Brasil, o que amplia a demanda por biocombustíveis. Segundo ele, com esse aumento, o Brasil deixa de importar 1 bilhão de litros de diesel no ano e reduz o impacto ambiental negativo que é gerado pelos derivados de petróleo. A esmagadora de soja será construída no Complexo Industrial do Grupo Potencial, na Lapa, junto à usina de biodiesel da companhia, que é a maior do Brasil e a terceira maior do mundo. A planta terá capacidade de processar cerca de 3,5 mil toneladas de soja por dia.


Imagem:

Roberto Dziura Jr. / AEN


Fonte:



4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page