• TNews

Inglês Para Brasileiros

A maioria dos professores que dão aulas de inglês nas escolas públicas no Brasil, o equivalente a cerca de 55%, não têm formação específica para lecionar essa disciplina. Além disso, 81% reclamam da falta ou da inadequação do material didático usado nas aulas.

Os dados estão disponíveis no Observatório para o Ensino da Língua Inglesa no Brasil, lançado esta semana pelo Conselho Britânico, organização internacional do Reino Unido. Os dados disponíveis no observatório mostram que 65% dos professores de inglês lecionam também outras disciplinas e quase 70% dão aulas de inglês em mais de seis turmas por semana. Mesmo assim, 55% buscam capacitações periódicas ligadas ao ensino do idioma. Falta também estrutura. Metade dos alunos, por exemplo, diz que se motiva por acesso a músicas em inglês, mas a música é usada apenas em 15% das salas de aula. O Observatório para o Ensino da Língua Inglesa no Brasil faz parte de um programa lançado no Brasil que promove a formação de professores e a produção de materiais didáticos. No Brasil, de acordo com o Conselho Britânico, o foco está em democratizar o acesso a um ensino de inglês de qualidade nas escolas públicas. O programa, já começou a ser implementado de forma piloto no Paraná, no Amapá, em Mato Grosso do Sul, em Pernambuco e São Paulo. Ele é realizado por um consórcio de quatro organizações sem fins lucrativos: Fundação Lemann, Associação Nova Escola, Instituto Reúna e Conselho Britânico.


Imagem: Wix Imagens

Fonte: Agência Brasil


#tnews #tnewsnoar #radiot #radiotparana #noticiasparana #marceloalmeida #robertacanetti #marlethsilva

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo