• TNews

Metade dos brasileiros que tiveram covid-19 têm sequelas que duram mais de um ano

Metade das pessoas diagnosticadas com covid-19 apresentam sequelas que podem durar mais de um ano, segundo estudo da Fundação Oswaldo Cruz. Os pesquisadores da Fiocruz identificaram 23 sintomas após o término da infecção aguda.

O estudo acompanhou por 14 meses mais de 600 pacientes que tiveram a covid em 2020 e 2021 e verificou que 50,2% deles tiveram sintomas pós-infecção, caracterizando o que a Organização Mundial de Saúde classifica de covid longa. A fadiga, que é caracterizada por cansaço extremo e dificuldade para fazer atividades rotineiras, foi relatada por 115 pessoas. Outras sequelas relatadas foram tosse persistente (34%), dificuldade para respirar (26,5%), perda do olfato ou paladar (20%), dores de cabeça frequentes (17%) e trombose (6%). Foram constatados ainda transtornos como insônia, relatada por 8% dos pacientes acompanhados, ansiedade (7%) e tontura (5,6%). As sequelas foram constatadas em pacientes que tiveram desde a forma mais leve ou assintomática até a mais grave de covid-19.


Imagem:

Marcello Casal Jr. / Agência Brasil


Fonte:

https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2022-05/metade-dos-pacientes-com-covid-tem-sequelas-que-podem-passar-de-um-ano


#tnews #tnewsnoar #radiot #radiotparana #noticiasparana #marceloalmeida #robertacanetti #marlethsilva

15 visualizações0 comentário