top of page
  • Foto do escritorTNews

Operação do IAT identifica 17 hectares de desmatamento ilegal na região Oeste

O Instituto Água e Terra (IAT) divulgou ontem (24) o relatório da mais recente ação de fiscalização contra o desmatamento ilegal na região Oeste do Paraná.

Seguindo alertas detectados por imagens de satélite e laudos técnicos emitidos pelo do Núcleo de Inteligência Geográfica e da Informação (NGI), a Operação Ágata identificou dez pontos de desmatamento nos municípios de São Miguel do Iguaçu, Missal, Ramilândia e Matelândia. A área desmatada foi de 17 hectares, o equivalente a 23 campos de futebol, com multa total de R$ 120 mil. Todas as propriedades foram embargadas e os responsáveis terão de reparar o dano ambiental com o replantio da vegetação nativa. O Núcleo de Inteligência Geográfica e da Informação do IAT recebeu 4.688 alertas de desmatamento entre 2019 e 2023, que correspondem a 20 mil hectares paranaenses desmatados. O IAT já autuou mais de 50% das áreas desmatadas. As multas totalizaram R$ 307 milhões entre 2019 e março 2023.


Imagem:

IAT


Fonte:



13 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page