top of page
  • Foto do escritorTNews

Paraná vai ganhar sete novos parques urbanos até o final de 2023

O governo do estado anunciou que pretende concluir até o fim do ano sete novos parques urbanos do Paraná. Os complexos de Jardim Olinda, São Tomé, Cruzeiro do Oeste e Nova Londrina, todos no Noroeste, Ampére, no Sudoeste, Sapopema, no Norte, e Kaloré, no Vale do Ivaí, estão em fase final de construção e devem ser liberados para o uso até dezembro.

O investimento do Instituto Água e Terra (IAT) é de R$ 6,6 milhões, com uma contrapartida total de R$ 210 mil das prefeituras dos municípios. Outros 31 parques estão em fase de licitação ou execução para fazer parques urbanos. Segundo a coordenadora do Setor de Projetos Especiais do IAT, Paula Coradin, os parques urbanos são um recurso para a recuperação de áreas degradadas. Eles são construídos em áreas que apresentem algum tipo de dano ambiental dentro do perímetro urbano dos municípios. Geralmente são locais de fundo de vale com erosão ou áreas que sofrem com descarte de resíduos, nascentes assoreadas ou corpos hídricos comprometidos. Dependendo do projeto, o IAT é responsável também por fornecer mudas de árvores nativas produzidas nos viveiros estaduais, para estimular a biodiversidade nos parques, e tubulações para obras, caso haja a necessidade de escoamento para a contenção de ações erosivas.


Imagem:

Alessandro Vieira / Arquivo SEDEST


Fonte:



7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page