• TNews

Pressão Região Metropolitana

Atualizado: Ago 24

Representantes da Prefeitura de Curitiba se reuniram ontem com lideranças de municípios da Região Metropolitana, para pressionar que as demais cidades também adotem medidas mais restritivas de combate à covid-19. A justificativa da pressão é que a falta de adesão das cidades vizinhas compromete os resultados da bandeira vermelha na capital.

Na reunião por videoconferência, a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba o decreto de Curitiba, que serviria de parâmetro para os demais. O sistema de saúde de Curitiba recebe um grande percentual de pacientes da Região Metropolitana. No caso de traumas, esse pacientes representam 65% dos atendimentos. Ontem, a prefeitura de Curitiba anunciou que as UPAs só vão atender internamentos de covid-19. Algumas unidades básicas de saúde passaram a atender casos de urgência e emergência. E os prontos-socorros municipais só estão recebendo pacientes graves encaminhados pelo Siate ou Samu. Ontem a taxa de ocupação dos leitos de UTI SUS covid estava em 104% na capital. Já a ocupação de leitos de enfermaria para pacientes com covid chegou a 91%, com apenas 69 leitos vagos.


Imagem:

Ystallonne Alves

Fonte:

PMC


#tnews #tnewsnoar #radiot #radiotparana #noticiasparana #marceloalmeida #robertacanetti #marlethsilva

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo