top of page
  • Foto do escritorTNews

Produção de ovos do Paraná cresce 72% em uma década

A produção de ovos no Paraná cresceu mais de 70% na última década, de acordo com dados do IBGE divulgados ontem (04). O Estado saltou de 252 milhões de dúzias para 434 milhões de dúzias no período entre 2013 e 2023, o que dá cerca de 1,2 milhão de dúzias por dia.

Os números levam em conta tanto a produção de ovos diretamente para consumo, quanto de ovos incubados para criação de frangos de corte, setor que o Paraná lidera nacionalmente. Esse incremento levou o Paraná a assumir em dez anos o posto de segundo maior produtor de ovos do Brasil, ultrapassando Minas Gerais. Um dos principais fatores que puxa para cima a produção de ovos no Paraná é a criação de frangos para abate – setor em que o Estado é líder nacional com 2,3 bilhões de aves produzidas em 2023, representando 34% do mercado brasileiro. O Estado é líder na criação de ovos para incubação, com 243 milhões de dúzias produzidas ano passado, representando 25,4% do mercado nacional. Esse mercado tem recebido grandes investimentos. A Lar Cooperativa inaugurou em março deste ano a expansão da maior incubadora de ovos da América Latina, em Itaipulândia, no Oeste do Estado, com investimento de R$ 80 milhões. No mercado de ovos para consumo, o Paraná ocupa a oitava colocação no ranking nacional. Em 2023, o Estado produziu 191 milhões de dúzias, correspondendo a 5,6% do mercado nacional.


Imagem:

Rodrigo Felix Leal / Arquivo AEN


Fonte:



42 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page