top of page
  • Foto do escritorTNews

Réu que matou petista em festa de aniversário no PR vai a júri popular nesta semana

Atualizado: 2 de abr.

Está marcado para a próxima quinta-feira (4), em Foz do Iguaçu (PR), o júri popular do homicídio do guarda municipal Marcelo Arruda, assassinado na própria festa de aniversário, em 2022. A vítima comemorava 50 anos com a família e amigos, quando teve a festa invadida pelo réu, Jorge Guaranho, e foi morto a tiros no local da confraternização.

O réu foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná à Justiça por homicídio doloso duplamente qualificado, por motivo fútil e perigo comum, já que os disparos foram efetuados no local da festa e poderiam ter vitimado os convidados presentes. De acordo com o advogado Daniel Godoy Junior, assistente da acusação, o homicídio deve ser considerado crime de ódio, porque envolveu o contexto de violência política insuflada na campanha de 2018 e seguintes. O réu, Jorge José da Rocha Guaranho, está preso no Complexo Médico Penal de Pinhais. Recentemente, ele foi demitido do cargo de policial penal por decisão do ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, por uso de recurso material da repartição em atividade particular (arma), improbidade administrativa e incontinência pública.


Imagem:

WIX Imagens


Fonte: Assessoria de Imprensa



17 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page