top of page
  • Foto do escritorTNews

Transações via DOC e TEC deixam de existir, com preferência dos brasileiros pelo Pix

Após quatro décadas de existência, o modelo de transferência via Documento de Ordem de Crédito (DOC) terminou ontem (29). A partir de hoje, as ordens deixam de ser processadas, tanto para pessoas físicas como jurídicas, para transferência entre instituições financeiras distintas. Em 15 de janeiro, as instituições financeiras haviam encerrado as emissões e os agendamentos, mas as transferências agendadas até 29 de fevereiro ainda estavam sendo executadas.

Além do DOC, foi encerrada também a Transferência Especial de Crédito (TEC), modalidade por meio da qual empresas podiam pagar benefícios a funcionários e que também caiu em desuso com o surgimento do PIX. Segundo levantamento da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), com base em dados do Banco Central, as transações via DOC somaram 18 milhões de operações no primeiro semestre de 2023, apenas 0,05% do total de 37 bilhões de operações feitas no período. Em número de transações, o DOC ficou bem atrás dos cheques (125 milhões), da TED (448 milhões), dos boletos (2 bilhões), dos cartões de débito e crédito (8,4 bilhões cada um), e do Pix, a modalidade preferida dos brasileiros, com 17,6 bilhões de operações. As informações são da Agência Brasil.


Imagem:

Marcello Casal Jr. / Agência Brasil


Fonte:



5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page