top of page
  • Foto do escritorTNews

Visitação em reservas particulares do Paraná impulsiona turismo ecológico

Segundo levantamento do Instituto Água e Terra (IAT), quase um terço das Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPNs) do Paraná têm infraestrutura adequada para receber visitantes. As reservas particulares são unidades de conservação ambiental que são criadas pela vontade do proprietário rural, sem que haja desapropriação de terras. O estado tem 327 dessas reservas.

Entre as que podem ser visitadas, o IAT três. A Reserva Caraguatatiba da Divisa, em São Manoel do Paraná, tem trilhas que atravessam a Mata Atlântica até a Lagoa Preta, que recebeu esse nome devido à quantidade de folhas que cobrem o fundo da lagoa. A cor superficial da água varia entre o verde e o azul. A reserva Ninho do Corvo, em Prudentópolis, preserva um trecho de Mata de Araucária. Lá, os visitantes podem fazer rapel e a tirolesa; mergulhar nas águas do Rio Barra Bonita e chegar até uma piscina natural no interior de um cânion. No Observatório Ornitológico Nascentes do Iguaçu, em Piraquara, é possível usar uma torre de observação para ver algumas das quase 500 espécies de aves que vivem na área de Mata Atlântica, além de fazer caminhadas e conhecer um dos últimos bosques de xaxins. Alguns dos xaxins de Piraquara têm idade estimada em 200 anos.


Imagem:

Divulgação


Fonte:



4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page