BLOG

E NEWS

  • TNews

Após um período com a maior parte das aulas suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus, a maioria das universidades federais chega a outubro oferecendo aulas remotas na graduação.

De acordo com o portal Monitoramento das Instituições de Ensino, do Ministério da Educação, 66 das 69 universidades federais brasileiras estão oferecendo aulas a distância para os estudantes. Outras duas estão funcionando parcialmente. As universidades federais têm autonomia para decidir que tipo de aula oferecer aos estudantes de acordo com a realidade do estado onde estão localizadas. Por isso, os calendários das universidades federais hoje são distintos umas das outras. Tem unidades que vão conseguir iniciar 2021 naquilo que seria o período normal, no início do próximo ano, e outras que vão precisar de um período maior para regularizar a situação. Esse descompasso pode impactar o ingresso de novos estudantes, principalmente, pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O exame é hoje uma das principais formas de ingresso nas instituições federais de ensino superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Quase seis milhões de estudantes estão inscritos para fazer o Enem 2020.


Fonte: Ministério da Educação

Imagem: Green Chamele





#tnews #tnewsnoar #radiot #radiotparana #noticiasparana #universitariosàdistância #marceloalmeida #robertacanetti

6 visualizações
  • TNews

Nesta sexta-feira, em um evento online, o Instituto para Pesquisa do Câncer (Ipec), de Guarapuava, e a Rede Paranaense de Pesquisa Genômica, serão recebidos oficialmente como membros do Human Cell Atlas (HCA), um consórcio de pesquisadores de vários países que estão elaborando um mapa com cada uma das trilhões de células do corpo humano e suas características.

O Ipec foi inaugurado em julho deste ano pelo governo do Estado. Ele desenvolve pesquisa básica e aplicada voltada ao diagnóstico, prognóstico e tratamento do câncer e de doenças de base genética e oferece formação especializada em medicina de precisão. A Rede Paranaense de Pesquisa Genômica abrange cerca de 150 pesquisadores de várias instituições, inclusive as sete universidades estaduais do Paraná. O Ipec será organizador da segunda plataforma tecnológica de análise genômica de células únicas no Brasil. A primeira estrutura dessa natureza é o Centro de Pesquisa e Inovação Inova da Universidade de São Paulo, exatamente onde se fez a pesquisa sobre os idosos saudáveis.


Fonte: Instituto para Pesquisa do Câncer (Ipec)




#tnews #tnewsnoar #noticiasparana #radiot #parana #marceloalmeida #robertacanetti

4 visualizações
  • TNews

O governo do estado divulgou ontem a lista de colégios públicos com as melhores notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb.

Chama a atenção que os colégios paranaenses que se destacaram na avaliação são de diversas regiões, tamanhos e perfis, sendo que a maioria está no interior. No Ensino Médio, o melhor desempenho foi do Colégio da Polícia Militar em Curitiba. Em segundo lugar vieram o Colégio Estadual de Laranjeiras do Sul, na região Centro-Oeste, e o Colégio Estadual do Campo Maralúcia, em Medianeira, no Oeste, este último voltado para jovens da zona rural. Todos os três obtiveram na avaliação notas equivalentes às dos melhores colégios particulares. Vale lembrar que os colégios militares fazem concurso para selecionar os alunos e têm verba maior que os demais colégios públicos. Nos anos finais do Ensino Fundamental, o melhor desempenho no Paraná foi da Escola Estadual do Campo Professor Leonardo Salata, em Palmeira, nos Campos Gerais. Esta também é uma escola rural. Empatados na segunda colocação ficaram o Colégio Estadual Professora Déa Alvarenga, em Londrina, a Escola Estadual do Campo Vinícius de Moraes, em Nova Santa Rosa, no Oeste, e o Colégio Estadual Castro Alves, em Quedas do Iguaçu, também no Oeste.


Fonte:

Imagem: Element5




#tnews #tnewsnoar #radiot #radiotparana #noticiasparana #marceloalmeida #robertacanetti

4 visualizações