• TNews

Chuva e Sol

Um relatório do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e Abastecimento, comprova com números o que os paranaenses vêm observando nos últimos meses: o regime de chuvas está totalmente desregulado.

De acordo com o técnico agrícola do Deral, Dirlei Manfio, autor do estudo, em julho, em todas as regiões, o volume de chuva foi muito inferior à média histórica. A situação mais dramática foi na Região Noroeste, onde o volume de chuvas naquele mês foi quase 90% menor que a média. A Região Norte apresentou uma redução de 83% no volume de chuvas e na Região Sudoeste o volume de precipitação em julho representou 53% da média dos últimos 10 anos. Totalmente inesperadas foram também as chuvas que caíram em Guarapuava em agosto, que ficaram 139% acima da média. E não foi só lá. Na região Noroeste, o volume de chuva em agosto foi quase três vezes superior à média dos últimos 10 anos; na região Centro-Oeste, 2,5 vezes maior; e na região Norte, onde choveu 2,3 vezes mais. Mesmo assim, as chuvas só aconteceram nessas regiões e durante o mês de agosto, por isso a estiagem continua. Em setembro, a escassez de chuvas voltou com mais força. Apenas a região Sul registrou chuvas em praticamente em todas as estações meteorológicas, mas os volumes foram superiores a 40 mm somente nas proximidades de Laranjeiras do Sul, Pinhão, Candói, Guarapuava e Castro. Em resumo, o volume de chuvas ainda é insuficiente para a agricultura e o Estado continua enfrentando a maior seca da história.


Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Imagem: David Marcu



#tnews #tnewsnoar #noticiasparana #radiot #radiotparana #marceloalmeida #robertacanetti

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo