• TNews

Estrada Boiadeira

A Itaipu Binacional vai bancar a pavimentação do trecho paranaense da BR-487, mais conhecida como Estrada Boiadeira. São 47 quilômetros de rodovia entre os municípios de Icaraíma e Umuarama.



As obras estão estimadas em R$ 228 milhões e serão tocadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e pelo Governo do Paraná. A conclusão está prevista para 2022. Segundo a diretoria da Itaipu, a obra na Boiadeira contribui com o projeto de criação de uma rota conectando o Brasil ao porto de Antofagasta, no Chile. A interligação bioceânica prevê a construção de uma rodovia de 2,4 mil quilômetros, entre Campo Grande e o porto de Antofagasta, no Pacífico, que poderá reduzir em até duas semanas o tempo de viagem das exportações do Brasil para os países do Oriente, principalmente China, Japão e Coreia do Sul. A reforma da Estrada Boiadeira amplia as condições de acesso dos municípios do Noroeste do Paraná até à cidade de Porto Murtinho (MS), onde será construída uma ponte entre Brasil e Paraguai, financiada pela margem paraguaia da Itaipu Binacional. Assim, cada etapa vai se somar para facilitar o acesso ao porto chileno.


Imagem: Marcelo Uliana / Diretoria de Coordenação Itaipu

Fonte: Agência de Notícias do Governo do Paraná


#tnews #tnewsnoar #radiot #radiotparana #noticiasparana #marceloalmeida #robertacanetti #marlethsilva

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo