top of page
  • Foto do escritorTNews

Cano Entupido

A Sanepar está fazendo uma campanha sobre o descarte correto do lixo produzido dentro das residências. É que o uso inadequado das redes, como o despejo de objetos no vaso sanitário, é a principal causa de obstruções e vazamentos.

Ao descartar, por exemplo, fraldas ou absorventes diretamente no vaso sanitário, um dos primeiros problemas pode ocorrer já na tubulação de saída da rede de esgoto. A estrutura dos imóveis não é projetada e não pode receber esses materiais, o que gera entupimentos. Para evitar obstruções, também é essencial, segundo a Sanepar, que restos de comida, bitucas de cigarro, fio dental, fraldas, absorventes, preservativos e pedaços de pano não sejam descartados no vaso sanitário ou no ralo da pia. Essa prática entope a rede. Já o óleo de cozinha, quando despejado nas tubulações, endurece nos canos e gruda outros resíduos que não deveriam estar lá. Com o tempo, o óleo de fritura provoca um “infarto” na rede coletora, e o esgoto volta para dentro de casa. O correto é guardar o óleo usado em garrafas PET e entregá-lo para reciclagem – o líquido pode ser transformado em biocombustível, sabão ou massa de vidraceiro, por exemplo. O sistema de esgotamento sanitário da Sanepar tem 38 mil quilômetros de rede coletora, que atende 77,3% da população.


Imagem:

Korie Jenkins


Fonte:


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page