top of page
  • Foto do escritorTNews

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais orienta sobre como se proteger de raios em tempestades

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), está divulgando alguns cuidados para evitar acidentes em dias de tempestades com raios. Para quem está na praia, piscina ou rio, a recomendação é evitar ficar dentro da água. Também não é seguro se abrigar embaixo de guarda-sol, tenda ou quiosque.

Um veículo com portas e vidros fechados é um bom abrigo, desde que a pessoa se sente no banco e evite contato com a lataria. Moradias e prédios são espaços seguros. Só é preciso manter distância das redes elétrica, telefônica e hidráulica, assim como de portas e janelas metálicas. Quem está em áreas descampadas corre risco porque o corpo pode funcionar como um para-raios. Se não houver nenhum abrigo seguro por perto, a orientação é afastar-se de qualquer ponto mais alto e de objetos metálicos, manter os pés juntos e se agachar até a tempestade passar. Objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas, cercas de arame, atraem os raios. No último sábado (20), oito pessoas foram atingidas por um raio em Praia Grande, no litoral paulista. Uma pessoa morreu. Também na semana passada, um guarda-vidas foi atingido por um raio enquanto trabalhava em Guaratuba. A tempestade começou por volta das 17h, acompanhada de muitas descargas atmosféricas. Um dos raios caiu perto da casa de madeira onde ficam os guarda-vidas. O rapaz se abrigava no local e sentiu a descarga. Ele sofreu amortecimento no lado esquerdo do corpo e dores, mas não ficou machucado.


Imagem:

REUTERS / Amanda Perobelli


Fonte:



7 visualizações0 comentário
bottom of page