• TNews

Menos Lixo

No mês passado, uma pesquisa ouviu consumidores brasileiros sobre os materiais de plástico que eles recebem em casa toda vez que encomendam uma refeição por delivery. O resultado foi que 72% dos consumidores disseram que querem receber os pedidos sem plástico descartável. Além disso, 15% dos entrevistados afirmaram que até já reduziram os pedidos por se sentirem incomodados com a quantidade de plásticos enviados junto com a comida.

A pesquisa foi feita pelo Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria) a pedido do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e da ONG Oceana, que trabalha com a proteção dos oceanos e da pesca sustentável. O coordenador da campanha Mares Limpos, da ONU, Vitor Leal Pinheiro, conta que, com a pandemia, houve um crescimento drástico na demanda por entregas de refeições, aumentando também o volume de plástico descartável, que no Brasil raramente é reciclado. Por isso está sendo feito um trabalho para convencer os aplicativos de delivery a estimularem os restaurantes a reduzir a quantidade de plástico que é entregue aos clientes, como talheres e pequenas embalagens de temperos e de guardanapo. Uma petição pública está pedindo que os aplicativos iFood e UberEats se comprometam com a redução contínua da entrega de plástico. A primeira meta é que, até 2023, 100% dos restaurantes cadastrados nos aplicativos forneçam itens opcionais, como canudos, somente por demanda do usuário. O problema do aumento do lixo já foi notado pela prefeitura de Curitiba, que publicou recentemente orientações para que a população higienize e entregue as embalagens de refeições prontas para a coleta seletiva.


Imagem: Gary Chan

Fonte: Oceana Brasil


#tnews #tnewsnoar #radiot #radiotparana #noticiasparana #marceloalmeida #robertacanetti #marlethsilva

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo