top of page
  • Foto do escritorTNews

Menos Lixo

No mês passado, uma pesquisa ouviu consumidores brasileiros sobre os materiais de plástico que eles recebem em casa toda vez que encomendam uma refeição por delivery. O resultado foi que 72% dos consumidores disseram que querem receber os pedidos sem plástico descartável. Além disso, 15% dos entrevistados afirmaram que até já reduziram os pedidos por se sentirem incomodados com a quantidade de plásticos enviados junto com a comida.

A pesquisa foi feita pelo Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria) a pedido do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e da ONG Oceana, que trabalha com a proteção dos oceanos e da pesca sustentável. O coordenador da campanha Mares Limpos, da ONU, Vitor Leal Pinheiro, conta que, com a pandemia, houve um crescimento drástico na demanda por entregas de refeições, aumentando também o volume de plástico descartável, que no Brasil raramente é reciclado. Por isso está sendo feito um trabalho para convencer os aplicativos de delivery a estimularem os restaurantes a reduzir a quantidade de plástico que é entregue aos clientes, como talheres e pequenas embalagens de temperos e de guardanapo. Uma petição pública está pedindo que os aplicativos iFood e UberEats se comprometam com a redução contínua da entrega de plástico. A primeira meta é que, até 2023, 100% dos restaurantes cadastrados nos aplicativos forneçam itens opcionais, como canudos, somente por demanda do usuário. O problema do aumento do lixo já foi notado pela prefeitura de Curitiba, que publicou recentemente orientações para que a população higienize e entregue as embalagens de refeições prontas para a coleta seletiva.


Imagem: Gary Chan

Fonte: Oceana Brasil


0 visualização0 comentário
bottom of page